Volta para a capa
Biografia
Nelson de Oliveira

Nasceu em Guaíra, SP, em 1966. Escritor e ensaísta, possui o título de doutor em Letras pela Universidade de São Paulo (USP). Em 1989, é selecionado, ao final de uma oficina literária ministrada pelo escritor João Silvério Trevisan (1944), para uma bolsa da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, com a qual escreve os contos de Fábulas. O livro recebe o Prêmio Casa de las Américas, é lançado em Cuba, em 1995, e desdobra-se, no Brasil, em quatro diferentes títulos: Os Saltitantes Seres da Lua (1997); Naquela época tínhamos um gato (1998); Treze (1999) e Algum Lugar em Parte Alguma (2005). Organiza, em 2001, a antologia Geração 90: Manuscritos de Computador, reunindo os principais prosadores brasileiros do final do século XX , lançando com ela o conceito de "geração 90" e Os transgressores (2003). Desde 2004, usa o pseudônimo Luiz Bras para sua produção de literatura infantil e juvenil. Outros livros: Subsolo infinito (2000); O filho do crucificado (2001); A maldição do macho (2002); O oitavo dia da semana (2005); Babel Babilonia (2007); Poeira: demônios & maldições (2010). Tem textos (contos e críticas) publicados nas revistas Cult, Livro Aberto, Medusa, Bravo, e nos jornais Correio Braziliense, O Globo, Suplemento Literário de Minas Gerais, Rascunho (jornal literário) e Folha de S.Paulo. Dos prêmios que recebeu destacam-se o Casa de las Américas (1995), o da Fundação Cultural da Bahia (1996), duas vezes o da APCA (2001 e 2003) e o da Fundação Biblioteca Nacional (2007). Atualmente ministra cursos em várias instituições e oficinas de criação literária.


 

- Por que escreve?

- Como escrevo?
- Onde escrevo?

- O que é inspiração?
- Conselho literário