Volta para a capa
Causos Literários

         Clarice Lispector x Guimarães Rosa

 

“Acho que a obra de Clarice também precisa ser repensada. Foi Clarice, e não Guimarães Rosa, quem inaugurou o período estetizante de nossa literatura, pois Perto do coração selvagem é de 1943 e Sagarana é de 1946. A grande crítica, com as exceções  de Antonio Cândido e Sergio Milliet, praticamente silenciou a respeito do romance de Clarice. E Rosa se apossou da glória de pioneiro, quando a glória devia ser dela. Rosa apossou-se ainda de outras glórias. Por exemplo, da glória de Mário Palmério que, em 1956, publicou Vila dos confins, um romance que considero muito superior ao Grande sertão. O romance de Rosa emocionou por causa de suas experiências lingüísticas. Mas romance por romance, o de Palmério é melhor.

 

Fonte: Wilson Martins em entrevista n'O Estado de São Paulo, 30/05/1998 – José Castello

x.x.x

 

Caso tenha algum causo digno de divulgação, envie-nos, para mantermos a seção

 

Próxima semana

Adélia Prado & Autran Dourado

 

Causos anteriores

(clique no nome)

João do Rio & José Veríssimo

Mario de Andrade & Blaise Cendrars

Wilson Martins & Chico Buarque

Vinicius de Moraes & João Cabral de Melo Neto

 

 

 

 

- Link1
- Link2
- Link3